background Ludii Portal
Home of the Ludii General Game System

   

Home Games Forum Downloads Concepts Contribute Tutorials Tournaments World Map Ludemes About


 
Evidence for Quendo

1 pieces of evidence found.

Id DLP.Evidence.1304
Type Ethnography
Location Chokwe
Date 1995-01-01 - 1995-12-31
Rules 4x8 board, played only along the perimeter. Alternatively, played on a circular board of between ten and thirty holes. One to four counters per hole. Any number of players, holes are distributed equally among the players. Sowing occurs in an anti-clockwise direction. Each player owns the holes in which their counters are located at the beginning of their turn, and they must sow from the leftmost hole. When the final counter falls into a hole of the opponent's, this hole and the counters in it are captured by the player, but remain in play. When a player has a single counter and empty holes in from of it, this counter leaps to the next hole occupied by the opponent. The player who captures all of the opponent's holes wins.
Content "Joga-se sobre tabuleiros do Tchela, utilizando-s, somente, as linhas exteriores e as duas casas extremas das interiores, para fechar o circuito, ou então, em pequenas covas (mena) abertas no chão, dispotas em forma circular, em número geralmente compreendido entre 10 e 30. O sistema de jogo é idêntico, apesar de poder ser jogado, simultaneamente, por dois ou mais parceiros. As pedras existentes numa casa são, da mesma maneira que no Tchel, distribuídas no sentido directo uma a uma, pelas casas seguintes. O número de pedras (sache, ou dumbué) pode ser de 1 a 4 por casa (geralmente 2) e o número total destas é variável, mas sempre múltiplo do número de parceiros. O jogo resume-se num perseguição, a, como iremos ver, não deixa qualquer possibilidade de iniciativa ao jogador. Por este motivo o resultado do jogo só depende da posição da saída e do número de casas, de pedras e de jogadores, pelo que o vencedor é, teoricamente, conhecido de antemão. Ne prática, assim não acontece, em consequência de erros involuntários e da batota a que este jogo dá origem, quando jogado a sério. Começa-se por se distribuir as casas em número igual por cada jogador, ocupando estes zonas seguidas e contíguas em redor do contorno, e fixa-se o número de pedras. Algumas combinaações não são praticáveis por não permiterem que um jogador chegue a comer as pedras do adver sário, como, por exemplo, 2 jogadores, 18 casas e 1 pedra por casa. A paartida é iniciada por um dos participantes, que toma todas as pedras da sua primeira casa, a contar no sentido directo, e as distribui, como é regra nos jogos do tipo mancala, uma a uma, pelas casas que se seguem; o outro ou outros jogadroes, casda um por sua vez e pela sua ordem de posição, repetem esta jogada. Começam a aparecer casas livres à retaguarda de cada jogador, que vão deixando de lhes pertencer à medida quee as desocupam; estas casas passam, seguidamente, a ser de novo ocupadas pelos parceiros que os antecedem, à medida que vão perseguindo-se uns aos outros, ao longo do circuito de casas, mudando a posse destas à medida que o jogo decorre, no sentido directo em que se deslocam as pedras. Quando uma pedra dum jogador vai cair numa casa ocupada por outro parceiro, este perde a ocupação da casa e a pedra ou pedras nela contidas em beneficio daquele, pedras estas que, no entanto, continuam em jogo. O jogo terminará quando um dos parceiros ocupar todas as casas dos adversários. Dirá então guamutapa (matei). Todas as jogadas são movimentos simples, excepto quando: As pedras de uma mão não chegam para colocar uma pedra em cada uma das casas ocupadas pot esse jogador e houver casas vazias à sua frente; Se faz quendo, isto é, quando na frente do jogo se fica com uma sé casa com uma só pedra (o número de pedras de mão igual ao número de casas ocupadas mais uma). Quando um jogador fica com uma só pedra, esta salta (kuhumuca—voa) todas as casas vazias à sua frente e vai ocupar a primeira casa adversária; As pedras distribuidas num lanço comem (tchissaca) todas as pedras das casas adversárias que ocupam..." Silva 1995: 106-109.
Confidence 100
Ages Child
Source Silva, E. R. S. 1995. Jogos do quadrícula do tipo mancala com especial incidência nos praticados em Angola. Lisbon: Instituto de investigação cientifica tropical.

     Contact Us
     ludii.games@gmail.com
     cameron.browne@maastrichtuniversity.nl

lkjh Maastricht University Data Science and Knowledge Engineering (DKE), Paul-Henri Spaaklaan 1, 6229 EN Maastricht, Netherlands Funded by a €2m ERC Consolidator Grant (#771292) from the European Research Council